Marcadores

terça-feira, 6 de junho de 2017

Homenagem ao Dia do Servidor Penitenciário com Homenagens a Servidores






No último dia 26 de maio, a Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará comemorou o Dia do Servidor Penitenciário do Pará, quando na oportunidade fez uma homenagem de despedida a mim e meu amigo Rui Pinheiro de Souza, por dedicarmos muitos anos de nossas vidas ao trabalho na Susipe e por contribuirmos para o bom funcionamento do órgão nos diversos setores que administramos, recebemos a homenagem especial do dia com uma placa de reconhecimento para marcar o momento em que nos despedimos de nossas funções. Declarei na minha fala que: “O servidor público, principalmente o servidor penitenciário quando assume esta função diz sim a um regime de sacerdócio com uma clientela desafiadora. É um trabalho difícil, mas ao mesmo tempo viciante. Neste momento quero apenas agradecer e parabenizar aos colegas por este dia tão importante de reconhecimento”.

Abaixo, histórico da minha trajetória pública nesses 36 anos de trabalho:

ARMANDO ARAÚJO DE MENDONÇA, ocupante do Cargo Técnico em Educação, tendo sido admitido em 16/05/1983 na Fundação do Bem Estar Social do Pará – FBESP. Nesse órgão exerceu o cargo Chefe do Serviço de Pessoal, Coordenadoria de Política de Recursos Humanos e Pessoal, Coordenadoria de Execução Administrativa e Financeira, Chefe de Gabinete da Presidência.

Em 01.08.1987 a 29.02.1988, foi nomeado ao cargo de Assessor Superior – DAS. 202.07 na Prefeitura Municipal de Belém.

Em 25.01.1995 foi colocado à disposição da Secretaria de Estado de Justiça, tendo sido nomeado Diretor Administrativo e Financeiro até a data de 01.09.1997.

Em 01.12.1999 foi colocado à disposição desta SUSIPE, sendo que em 22.12.1999 foi nomeado para o cargo de Vice-diretor com lotação no Centro de Reeducação Feminino – CRF, permanecendo até 15.07.2002.

Em 17.11.2003 foi designado para compor comissão com vista a elaboração de Projeto Pedagógico para implantação da Escola de Administração Penitenciária.

Em 01.05.2005 foi nomeado Diretor da APAC sendo exonerado 01.02.2006.

Em 01.02.2006 foi nomeado para o Cargo de Diretor Núcleo de Reinserção Social até 11.01.2007.

Em 18.06.2014 foi cedido para Ministério de Integração Nacional para ocupar o Cargo de Diretor de Planejamento e Articulação Política na Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia – SUDAM.

Em 01.02.2016 nomeado para o Cargo de Coordenador de Assistência e Valorização ao Servidor.

Meus agradecimentos aos meus pais Fran Mendonça e Antônia Mendonça in memoriam, à minha irmã Madalena Mendonça que contribui para meu ingresso ao Estado, ao Dr. Aldir Viana que me confiou o cargo de Diretor na Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos, ao Dr. João Dudimar Paxiúba pela indicação ao cargo de diretor na SUDAM. Agradecimentos especiais aos gestores da Susipe Dr. Jose Alyrio Sabbá e Cel. QOPM André Cunha pelas oportunidades que me foram confiadas, e, em seus nomes agradeço a todos os gestores com quem trabalhei.



Álbum de Fotografias - Clicar na foto

https://goo.gl/photos/yGdoX3qjT4UYPzV46



segunda-feira, 11 de julho de 2016

Paço Municipal de Itaituba - Pará é revitalizado



No dia primeiro de julho, a população itaitubense foi brindada com a reinauguração do prédio sede da Prefeitura Municipal de Itaituba, agora, com originalidade e requinte resgate histórico, denominado “Paço Municipal” homenageando “in memoriam”, o ex-prefeito Altamiro Raimundo da Silva (proposta do Vereador Diomar Figueira), onde dedicou grande parte da sua vida pública. Homenagem merecida. Parabéns ao Deputado Federal Dudimar Paxiúba pela Emenda Parlamentar que liberou recurso para revitalização do prédio sede da Prefeitura Municipal de Itaituba.

Em conversa com o Dudimar, ele me falava que alocar recursos para esse objetivo é muito fácil, o difícil é a gestora municipal passar pelo processo burocrático, como, manter as contas públicas em dia, garantir todas as Certidões Negativas com seus Nada Consta, com prazo de validade de 30 dias, a lisura do processo licitatório e outros. Aí, é entra a participação mais importante que é o compromisso da gestão municipal, para fazer com que esse desembolso financeiro venha possibilitar o início da obra. Meus amigos, a Prefeita Eliene Nunes, se manteve firme passando por toda essa sabatina da burocracia para viabilizar o sucesso da revitalização do Paço Municipal.
Tive a honra de ser convidado pela Prefeita Eliene Nunes, não medi esforços para testemunhar aquele momento de resgate de um patrimônio público da maior importância para o nosso município. Foram 17 horas de viagem entre Belém, Brasília, Santarém, enfim, Itaituba. Graças à política das empresas aéreas, que fogem à nossa compreensão.

A Prefeita Eliene Nunes vem demonstrando a sua preocupação com o desenvolvimento da nossa região, inaugurando dezenas de obras relevantes, visão de quem foi eleita para cuidar da população do seu município.

O novo Paço Municipal tem um valor imaterial histórico e ético para população, um prédio que perpassou pelas diversas fases da história econômica do nosso município, primeiro a fase da borracha, quando atingiu o clímax da economia. Itaituba em 1914 foi a cidade brasileira eleita para representar o Brasil em Londres em uma exposição das especiarias como, a borracha, o cernambi, o caucho, a copaíba, andiroba, breu de cariocica e outros produtos da região, através do Intendente Municipal Raimundo Pereira Brasil. Assim o fez com maestria e conhecimento da economia da região. Outro fato que vale a pena fazer o registro foi a passagem por Itaituba de uma caravana de estudantes ingleses enviada pela Rainha da Inglaterra. Esse mesmo prédio fora utilizado pelo Poder Judiciário para realização de Juris Populares no seu salão nobre na década de 60, sob a égide da Juíza de Direito Maria Izabel Benone Sabbá, que mesmo sem ter a presença do Ministério Público e nem da Defensoria Pública, Convocou para representar o Ministério Público, os Adjuntos de Promotor Fran Mendonça, Altamiro Silva e João Baima e como advogados de defesa, Bernardo Melo, Arlindo Braga e Vivaldo Gaspar. Eram pessoas leigas, autodidatas, que desempenharam suas funções com conhecimento de causa e com responsabilidade. Além de ser uma casa política, a antiga Prefeitura também era palco de eventos comemorativos da sociedade itaitubense, como por exemplo, o Baile da Independência no dia 7 de setembro, festas de casamentos, cito aqui, a comemoração do casamento do casal Raimundo Santos (Truth) e Dulcinéia dos Santos Macedo.

Depois, veio à fase do ouro, onde a nossa cidade foi injustiçada com a fuga de divisas, com recolhimento do Imposto Único Mineral, direcionado o seu recolhimento para o município de Santarém, que sem tem um só garimpo, em um dado momento, foi eleito o município com maior arrecadação de imposto mineral, sem ter um só garimpo em sua área territorial. Mesmo assim, Itaituba desenvolveu-se com suas próprias pernas. O tratamento que lhe é dado, é de um curral eleitoral dos políticos aventureiros que vem de Belém e de outros municípios garimparem votos, depois colocam as cartolas e só voltam a aparecer após quatro anos. Salvo alguns, como, o Deputado Hilton Aguiar e Chapadinha que tem carreado algumas obras à nossa cidade.
 

Itaituba teve a oportunidade de eleger o Deputado Federal Dudimar Paxiúba, cidadão itaitubense que nos representou com honras de um autêntico representante da nossa população. Mas incompreendido por muitos, talvez, pelos que olhavam para os seus próprios interesses.

Enfim, Itaituba está de parabéns, a Prefeita Eliene deixa um legado que ficará na história, fazendo a dobradinha com o nosso amigo Dudimar Paxiúba, responsável pela Emenda que proporcionou a realização dessa obra magnífica.

Parabéns Prefeita Eliene Nunes, parabéns Dudimar Paxiúba!
Eliene Nunes, Lia Oliveira, João Paxiuba, Mary Bau Paxiuba, João Dudimar De Azevedo Paxiuba Dep Dudimar Paxiuba Azevedo